FAÇA O SEU INTERCÂMBIO!​

Você já quis morar no exterior e enriquecer os seus estudos, ao mesmo que conhece outras culturas e aprimora o seu conhecimento em uma língua estrangeira? Então, veja abaixo como fazer seu intercâmbio!

Como aluno regularmente matriculado, é possível realizar intercâmbios nos seguintes formatos:

  • Cursar disciplinas;
  • Estágio curricular/Pesquisa;
  • Estágio Curricular Obrigatório (realizado no último semestre do curso).

Para arcar com as despesas do seu intercâmbio, você pode custeá-lo por meio de:

  • Editais de intercâmbio coordenados pela Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (AUCANI) ou pela FMVZ/USP, que ofereçam bolsas de estudos (*);
  • Recursos financeiros próprios.

Vale saber!

Instituições públicas estrangeiras também são pagas. Ainda que menos custosas que as instituições particulares, elas podem cobrar taxas de alunos internacionais. Quando a instituição de destino é parceira da FMVZ/USP, as chances de ocorrer isenção dessas taxas são maiores! Para mais informações, procure a CCInt-FMVZ.

(*) Há Editais apenas de vagas em instituições parceiras, sem oferecimento de bolsas de estudos.

Os processos seletivos internos são realizados sempre relacionados à Editais de seleção e/ou oferecimento de bolsa de estudos, sejam pela FMVZ/USP ou pela Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional. 

Para tanto, juntamente com os Editais oficiais, divulgamos os Editais internos, nos quais constam informações e requisitos aditivos aos Editais oficiais.

Veja no item “Requisitos” informações sobre os processos seletivos internos.

Atenção!

Quando aberto Edital interno junto ao oficial, a inscrição nele é obrigatória. Portanto, o candidato deverá estar atendo aos prazos e requisitos estipulados em ambos os editais, para aumentar a possibilidade de sucesso na candidatura.

Os requisitos abaixo são considerados para os processos seletivos internos da Unidade. Logo, poderão ser acrescidos de outros requisitos estipulados pelos Editais oficiais.

  • Ter bom desempenho acadêmico, sendo a média ponderada (com reprovações) mínima igual ou superior a média da turma;
  • Não ter iniciado, pelo menos, o 10º semestre antes do início do intercâmbio, exceto se tratar-se de realização de Estágio Curricular Obrigatório (ECO);
  • Não ter dependências em disciplinas no ato da inscrição para o intercâmbio (são consideradas as disciplinas com conceitos RN, RA e RF que não tenham sido novamente cursadas ou que estejam em andamento, até o momento da candidatura);
  • Haver convênio vigente entre as instituições, e que contemple o período de mobilidade;
  • Apresentar Apólice de Seguro Saúde e Vida Internacional, antes do início do intercâmbio e que contemple todo o período de mobilidade;
  • Comprovante  de proficiência (definido pela FMVZ/USP, pela instituição de destino ou pelo edital do programa de intercâmbio). 

 

classificação dos candidatos será realizada de acordo com os seguintes critérios, os quais apresentam a mesma pontuação:

  • Média ponderada;
  • Iniciação científica;
  • Currículo acadêmico;
  • Carta de intenção;
  • Programa de atividades a ser realizado no intercâmbio;
  • Número de reprovações.

Fonte: Portaria FMVZ nº27/2017.